Usman descarta estar perto de aposentadoria, mas desabafa sobre tempo restante no MMA

Vivendo o melhor momento de sua carreira como profissional no MMA, Kamaru Usman quer seguir surfando na onda do esporte. Campeão dos meio-médios (até 77kg.) do Ultimate, o nigeriano afirmou que está longe de se aposentar no esporte, porém, o tema é frequentemente discutido junto à sua equipe. Em entrevista ao "MMA Fighting", o atleta falou sobre o assunto.

Veja Também

Vídeo: Lutador aplica "finalização incomum" e apaga adversário em evento russoLenda do MMA, Ronda Rousey confirma estar grávida de quatro mesesDe olho em Jake Paul, Tyron Woodley pede permissão a Dana White para enfrentar youtuber

“É uma boa pergunta, porque eu também me faço. Sendo realista, e sou honesto comigo, eu sei que não posso fazer isso para sempre e não quero fazer isso para sempre. Nós estamos no auge agora. Estou muito à frente desses caras. Conversando com alguns mentores e alguns dos melhores que envolvidos no esporte, eles falam que, em algum momento, vai começar. Acordar cedo e ir para a academia. Ter mais um dia de trabalho se tornará mais difícil e nada mais me motivará”, afirmou Usman.

Adversário de Jorge Masvidal no UFC 261, em revanche que acontece neste sábado (24), o nigeriano, que vem de vitória sobre Gilbert Durinho, confirmou ter encontrado uma grande motivação contra o norte-americano. Diante do "Jesus das Ruas", o campeão buscará provar que é capaz de bater o rival sem deixar o confronto nas mãos dos juízes. Kamaru venceu o oponente por pontos, no primeiro encontro, em 2020.

“Estou motivado para essa, porque eu não sinto que acertei as contas com ele. Eu ainda tenho medo em mim. Quero ir lá, acabar com esse cara, depois, ver o que tem para mim”, finalizou.

O confronto contra Jorge marcará a quarta defesa de título de Usman com as luvas do Ultimate. Campeão desde 2019, o nigeriano de 33 anos não sabe o que é perder na organização. Hoje, o atleta ostenta uma sequência de 17 triunfos na carreira, 13 no Ultimate.