Adversário de Do Bronx, Chandler cita dois adversários que gostaria de enfrentar na divisão dos leves

O peso leve (até 70,3kg.) Michael Chandler terá sua grande oportunidade no Ultimate, quando enfrenta Charles do Bronx no UFC 262 do dia 15 de maio. Apesar de ainda precise vencer o brasileiro para vestir o cinturão, o "Iron" já planeja sua primeira defesa de título e mira em Dustin Poirier e Conor McGregor.

Veja Também

Conor McGregor comemora sucesso do UFC 264 e prevê quebra de recordeVídeo: Lutador aplica "finalização incomum" e apaga adversário em evento russoChimaev retoma confiança após drama com a Covid-19 e se compara a lendas do boxe

“Quando eu ganhar o título no dia 15 de maio, não serei o cara que dá as cartas. Basta olhar para a classificação e ver que o Dustin Poirier é o número um agora. Ele optou por aceitar a luta pelo dinheiro e deixou passar a oportunidade de lutar pelo título. Então, se vencer Conor McGregor, é a escolha óbvia”, afirmou Chandler em entrevista ao "MMA Junkie".

Apesar de apontar para Dustin Poirier como a "escolha óbvia", Michael Chandler também diz que prefere aguardar a trilogia do Diamante contra Conor McGregor. O norte-americano, assim, também não descarta um confronto contra o irlandês, caso o mesmo vença o combate.

“Então, o Conor vai lá e atropela Dustin, ou mesmo vence Dustin de forma dominante, acho que isso o torna o candidato número um. Eu estarei segurando o cinturão e estarei lá (ao lado do octógono) em Las Vegas, animado para ver com quem eu vou lutar”, concluiu o norte-americano.

Após estrear no Ultimate com um nocaute diante de Dan Hooker, Michael Chandler já foi confirmado para a disputa do cinturão vago dos leves. No combate, ele enfrenta Charles do Bronx. Atualmente, o norte-americano conta com um retrospecto de 22 triunfos e cinco derrotas na carreira.